|

Lufthansa espera concluir venda da BMI no primeiro trimestre de 2012



Karsten Benz, vice-presidente de vendas para a Europa da Lufthansa, recordou que a BMI tem vindo a acumular prejuízos e que "deixou de ser estratégica para a Lufthansa" .

Ana Torres Pereira .

A Lufthansa chegou a acordo para alienar a BMI ao Grupo IAG e está "confiante que irá concluir a venda no primeiro trimestre de 2012", avançou Karsten Benz, vice-presidente de vendas para a Europa da Lufthansa.

"Não se fala do preço, porque as negociações ainda estão em curso, ainda estão a avaliar o valor das ‘slots’", avançou Karsten Bens, no Rio de Janeiro, num encontro com jornalistas que marca o arranque da operação da companhia alemã para aquela cidade brasileira.

Karsten Benz recordou que a BMI tem vindo a acumular prejuízos e que "deixou de ser estratégica para a Lufthansa. Faz parte da nossa estratégia desinvestir em activos não estratégicos ou que não são rentáveis".

Em 2010, a BMI havia perdido um total de 145 milhões de euros e nos primeiros nove meses deste ano, as perdas acumuladas já vão os 155 milhões de euros. Quanto a receitas, por ano a companhia facturava menos de mil milhões de euros.

Karsten Benz referiu que, neste momento, não existe a intenção de vender mais nenhuma companhia do universo Luftahsa. Contudo a empresa está à procura de um parceiro para o seu negócio de sistemas de informação.

"O negócio é limitado, numa primeira fase estamos à procura de um parceiro que poderá ter opção de compra mais tarde", acrescentou o mesmo responsável. Neste momento, a Lufthansa Systems fornece essencialmente a sua accionista e o objectivo é que esta expanda a sua actividade para outras áreas.

A Lufthansa adquiriu uma primeira participação da BMI em 1999 e a conclusão dos 100% ocorreu em 2009.

Fonte: Negocios Online










The Manhattan Reporter

Arquivo

Labels / marcadores

◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share

Publicidade






Eventos


Accelerate Brazil




InfraBrasil 2013




Recently Added

Recently Commented