|

Aviação: Tráfego de outubro tem pior resultado desde maio de 2009




O transporte aéreo de passageiros em voos domésticos apresentou em outubro crescimento de 8,81% na comparação anual. Esta é a menor taxa de expansão desde maio de 2009, quando o desempenho ficou negativo em 5,4%. Apesar de ter sido o vigésimo nono mês consecutivo de aumento nesse indicador, o resultado confirma sinais de desaceleração da aviação.

A Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata) divulgou ontem crescimento de 3,6% no tráfego global de passageiros em outubro, na comparação anual. Foi um recuo de 2 pontos percentuais ante setembro, quando a demanda mundial cresceu 5,6%. O transporte de cargas, que tradicionalmente reflete em primeiro lugar desaceleração ou aquecimento no setor aéreo, apresentou recuo de 4,7% diante de outubro de 2010.

"Quando a gente observa a evolução desses números [de demanda] mês a mês no terceiro trimestre, apesar do crescimento acumulado no ano de 18%, uma mudança no cenário de yields (tarifas) tem levado a indústria a uma revisão da sua demanda, um desaquecimento", afirmou ontem o presidente da Gol, Constantino de Oliveira Junior, durante apresentação ao mercado.

Inicialmente, o setor aéreo previa um crescimento de demanda de até 15% em 2012. A Gol estima um crescimento "mais lento da economia" no ano que vem, ou uma previsão de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) entre 3% e 3,5%. Como a Gol projeta crescimento da demanda aérea de até três vezes o PIB, sua previsão para o ano que vem alcança até 10,5% de expansão.

Conforme divulgou ontem a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), de janeiro a outubro, a demanda por voos domésticos acumula crescimento de 17,46%.

O fluxo de passageiros em voos internacionais, operados por companhias aéreas brasileiras, registrou crescimento de 3,42% em outubro, ante igual mês de 2010. É o décimo oitavo mês consecutivo de aumento nesse indicador, mas foi também a menor taxa de expansão desde abril de 2010, quando houve redução de 0,22%. De janeiro a outubro, o fluxo de passageiros em voos internacionais acumula expansão de 12,66%.

A TAM Linhas Aéreas retomou a liderança no transporte aéreo de passageiros em voos domésticos em outubro, depois de ser sido ultrapassada pela Gol em setembro e agosto. Em outubro, a TAM teve 39,62% da demanda total. A Gol veio logo atrás, com 37,08%. Se fosse considerada a participação da Webjet, de 5,81%, a Gol ultrapassaria a rival, com 42,89%.

A Gol anunciou um acordo para a aquisição da Webjet em julho, mas o negócio está em compasso de espera até a análise do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Azul permaneceu na terceira posição em outubro, com 9,14% da demanda, seguida pela Webjet e pela regional Trip, esta última com 3,81%. A Avianca respondeu por 3,74% do fluxo de passageiros no mercado doméstico em outubro. A TAM permanece com a hegemonia no mercado internacional no mês passado, ao responder por 88,46% da demanda. Em segundo está a Gol, com 9,98% de participação. Em seguida está a TAM, com 1,56%.


Fonte:


Foto: Mario Ortiz











The Manhattan Reporter

Arquivo

Labels / marcadores

◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share

Publicidade






Eventos


Accelerate Brazil




InfraBrasil 2013




Recently Added

Recently Commented