|

TAM registra a melhor taxa de ocupação internacional para o mês de setembro



São Paulo, outubro de 2011 – A TAM Linhas Aéreas alcançou taxa de ocupação de 85,3% em setembro em seus voos internacionais, a segunda melhor de sua história e recorde da companhia para o mês. O crescimento de 8,2% da demanda (RPK), combinado com o aumento de 6,9% da oferta (ASK), permitiu chegar à essa marca. Os dados foram divulgados hoje (17) pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). No segmento internacional operado por empresas aéreas brasileiras, a TAM segue na liderança, com participação de 88,6% do mercado no mês passado.

Apesar de ser um mês de baixa temporada, marcado pela alta volatilidade da taxa de câmbio, setembro teve registro de forte procura pelos voos internacionais da TAM. Já o preço médio pago por passageiro, em dólares, por cada quilômetro voado (yield) apresentou redução na comparação com o mês anterior. Apesar disso, o yield internacional acumula forte aumento no trimestre. Combinado com altas taxas de ocupação, ele permitirá maximizar a receita unitária (RASK) da TAM.

No acumulado de 2011, a TAM registra crescimento de 15,2% na demanda internacional, acompanhado de crescimento de 11,6% da oferta. Combinados, eles resultam em uma taxa de ocupação de 81,9%, 2,6 pontos percentuais acima do registrado no mesmo período do ano passado. Além disso, a companhia registra de janeiro a setembro um market share acumulado de 87,9%, o maior do segmento internacional em 2011.

No mercado doméstico, a taxa de ocupação do Grupo TAM foi de 64,4% em setembro, resultado da combinação entre uma ligeira redução da demanda, de 0,7%, e o aumento da oferta, de 8,7%. Com participação de 38,2% do mercado no mês passado, a companhia registrou a segunda colocação no segmento.

As operações domésticas em setembro também apresentaram aumento do yield entre 5% e 10%, na comparação com o mês anterior. O resultado está alinhado com o movimento de recomposição das margens e confirma a expectativa da companhia de aumento de pelo menos 5% do preço unitário doméstico nos últimos três meses na comparação com o trimestre anterior.

No acumulado de 2011, a TAM registra crescimento de 15,8% na demanda doméstica, acompanhado de crescimento de 12,5% da oferta. Combinados, eles resultam em uma taxa de ocupação de 69%, resultado que está 2 pontos percentuais acima do registrado no mesmo período do ano passado. Além disso, a companhia registra de janeiro a setembro um market share acumulado de 41,5%, o maior do segmento doméstico em 2011.


A TAM (www.tam.com.br) opera voos diretos para 43 destinos no Brasil e 18 na América Latina, nos Estados Unidos e na Europa. Por meio de acordos com empresas nacionais e estrangeiras, chega a 92 aeroportos brasileiros e a outros 92 destinos internacionais, incluindo a Ásia. A companhia foi fundada em 1976 com o compromisso de encantar o cliente ao oferecer serviços diferenciados de alta qualidade a preços competitivos. Em 35 anos, completados em julho de 2011, se tornou uma das líderes do mercado doméstico, com market share de 38,2% no último mês de setembro. Também detém a liderança entre as companhias brasileiras que operam rotas para o exterior, com 88,6% do mercado em setembro. Com a maior frota de aviões de passageiros do país (153 aeronaves), a TAM atende seus clientes com Espírito de Servir e busca tornar as viagens de avião cada vez mais acessíveis ao conjunto da população. É pioneira, entre as companhias aéreas brasileiras, no lançamento de um programa de fidelização; o TAM Fidelidade já distribuiu 16 milhões de bilhetes por meio de resgate de pontos e faz parte da rede Multiplus, que possui hoje 8,9 milhões de associados. Membro da Star Alliance – a maior aliança de companhias aéreas do mundo – desde maio de 2010, a empresa integra uma rede que abrange 1.185 destinos em 185 países.

Fonte:










The Manhattan Reporter

Arquivo

Labels / marcadores

◄ Compartilhe esta notícia!

Bookmark and Share

Publicidade






Eventos


Accelerate Brazil




InfraBrasil 2013




Recently Added

Recently Commented