|

Azul Linhas Aéreas fecha parceria com a Sony Pictures




Estratégia das companhias promoverá as marcas por meio de ações envolvendo o lançamento do filme “Os Smurfs” .


São Paulo, 11 de julho de 2011 – A Azul Linhas Aéreas Brasileiras e a Sony Pictures fecharam uma parceria que promoverá as marcas por meio de ações envolvendo o lançamento do filme OsSmurfs no Brasil. Com estreia marcada para o dia 05 de agosto, o lançamento do filme será veiculado nos anúncios publicitários da Azul a partir da última semana de julho até o final de agosto. Os mascotes do filme também já foram utilizados pela Azul em uma ação viral na semana passada no Aeroporto de Viracopos, em Campinas. Além dessas ações, as companhias planejam utilizar a parceria para realizar campanhas promocionais, sampling, entre outros.


“A parceria firmada entre a Sony Pictures e a Azul gera grande exposição para ambas as marcas, e sem dúvida a presença dos personagens de Os Smurfs deixarão nossas ações de marketing ainda mais azuis”, afirma Paulo Mesnik, Diretor de Marketing da Azul.


Sobre o filme


Os Smurfs fazem sua primeira viagem 3D à tela grande na comédia familiar mista de atuações e animação da Columbia Pictures e Sony Pictures Animation, Os Smurfs (The Smurfs). Quando o maligno feiticeiro Gargamel persegue os Smurfs até fora de sua aldeia, eles são forçados a entrar em um portal que liga seu mundo ao nosso, e desembarcam no meio do Central Park em Nova York. Os Smurfs devem então encontrar uma maneira de voltar para sua aldeia antes que Gargamel os encontre.


Sobre a Azul


Com pouco mais de dois anos de operações, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras conecta 38 destinos, 37 cidades, com 230 voos diários. Somando-se às 8 linhas de ônibus, são 45 cidades brasileiras conectadas pela Azul. A companhia já ultrapassou a marca de mais 10 milhões de clientes transportados desde sua fundação. A Azul opera uma frota de 37 aeronaves, composta por dez Embraer 190 e 20 Embraer 195, e sete ATR 72-200. O papel da empresa é estimular o tráfego aéreo e dinamizar a economia brasileira por meio de uma equação tão simples de entender quanto difícil de imitar: preços baixos com alta qualidade de serviços.


Fonte:











The Manhattan Reporter

Arquivo

Labels / marcadores