|

TAM registra aumento de 39,3% na demanda em maio e amplia liderança no mercado doméstico



Market share da companhia vai a 44,4% nos voos nacionais e a 89,6% nas operações internacionais. Taxas de ocupação crescem, respectivamente, para 67,6% e 82,1% .

São Paulo, junho de 2011 – A TAM Linhas Aéreas registrou crescimento de 39,3% na demanda de passageiros transportados (RPK) em seus voos domésticos de maio, na comparação com o mesmo período de 2010. O aumento ficou 10,6 pontos percentuais acima da média da indústria (28,7%) e, com isso, voltou a ampliar sua liderança no mercado brasileiro de aviação, com participação de 44,4%, de acordo com os dados divulgados hoje (28) pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Nas operações internacionais, o aumento da demanda foi de 20,5% e a companhia também ampliou a liderança no segmento de linhas para o exterior operadas por empresas aéreas brasileiras, com market share de 89,6%.

No mercado doméstico, incluindo os dados da Pantanal, a TAM aumentou sua oferta (ASK) em 17,6%, em relação a maio de 2010, o que, combinado com o crescimento de 39,3% na demanda, levou a uma alta de 10,5 pontos percentuais na taxa de ocupação (load factor), para 67,6%, na comparação anual.

O yield doméstico (preço médio pago por passageiro por quilômetro voado) apresentou uma pequena redução em relação ao mês de abril. Esse desempenho demonstra o sucesso da estratégia implementada pela TAM, com o projeto de varejo, para promover o transporte aéreo para as classes emergentes, expandindo cada vez mais o volume de passageiros voando fora dos horários de pico, com tarifas menores.

Nos voos internacionais, a TAM atingiu uma taxa de ocupação de 82,1% em maio, como resultado de um aumento de 14,7% na oferta, combinado com o crescimento de 20,5% na demanda. O yield internacional em dólar aumentou na comparação com o mês anterior.

No acumulado dos cinco primeiros meses, a TAM registrou market share de 42,9% no mercado doméstico e de 87,3% no segmento das linhas internacionais operadas por empresas aéreas brasileiras. O load factor, por sua vez, foi de 70,4% nos voos nacionais e de 81,1% nas operações para o exterior, com crescimento na demanda de, respectivamente, 23,5% e 20,6%.


A TAM (www.tam.com.br), incluindo a Pantanal, opera voos diretos para 48 destinos no Brasil e 19 na América do Sul, nos Estados Unidos e na Europa. Por meio de acordos com empresas nacionais e estrangeiras, chega a 92 aeroportos brasileiros e a outros 92 destinos internacionais, incluindo a Ásia. É líder no setor de aviação no país, com market share de 44,4% no último mês de maio. Também detém a liderança entre as companhias brasileiras que operam rotas para o exterior, com 89,6% do mercado em maio. Com a maior frota de aviões de passageiros do país (156 aeronaves), a TAM atende seus clientes com Espírito de Servir e busca tornar as viagens de avião cada vez mais acessíveis ao conjunto da população. É pioneira, entre as companhias aéreas brasileiras, no lançamento de um programa de fidelização; o TAM Fidelidade já distribuiu 14 milhões de bilhetes por meio de resgate de pontos e faz parte da rede Multiplus, que possui hoje 8,3 milhões de associados. Membro da Star Alliance – a maior aliança de companhias aéreas do mundo – desde maio de 2010, a empresa integra uma rede que abrange 1.160 destinos em 181 países.

Fonte:










The Manhattan Reporter

Arquivo

Labels / marcadores